Diversão | Viagens

Viajar barato com sua família é possível

por Daniela Santilli
23 de março de 2020

Está pensando em viajar? Veja as dicas abaixo para aproveitar o passeio com pessoas idosas

Foto: pasja1000 – Pixabay

Pensou em viajar, mas não sabe como incluir as pessoas idosas que moram com você? Um bom programa para se fazer com elas são os passeios rápidos. Uma viagem de 2 ou 3 dias pode ser uma boa pedida para quem curte viajar. 

Algumas formas para economizar numa viagem são:

  • Dividir o quarto
  • Usar a Carteira do Idoso
  • Fazer programas a pé – que além de ser econômico, faz bem à saúde e você vai conhecer melhor a cidade que estiver visitando
  • Viajar em baixa temporada

Escolher viajar na baixa temporada garante uma boa economia, considerando que passagens e hospedagem costumam diminuir consideravelmente seus valores nessa época. Você encontrará a cidade mais calma e poderá curtir o passeio com tranquilidade. Ao mesmo tempo, pode ser que alguns lugares ou eventos locais não estejam funcionando.

Como escolher o melhor destino?

Sempre leve em consideração a saúde e disposição da pessoa idosa que for viajar com você. Escolher lugares com temperatura amena é uma boa opção, já que tanto as altas quanto as baixas temperaturas cansam mais. Também é importante escolher um destino onde seja fácil de se locomover, pois vai ser bom na hora de “bater perna” pela cidade. Se a cidade tiver variedade de roteiros turísticos e gastronômicos, ainda melhor.

A melhor vantagem em viajar com uma pessoa idosa é que ela não tem mais problemas com agenda. Não lote o dia de passeios consecutivos. Deixe algumas horas livres entre um passeio e outro. Se for preciso, aumente um ou dois dias de viagem ou escolha quais passeios você considera imperdíveis e abra mão dos demais.

Tire a Carteira do Idoso

Com esse documento, é possível conseguir passagens gratuitas ou descontos de 50% no valor do bilhete. Além disso, a carteira é utilizada para agilizar o atendimento, inclusive nas rodoviárias.

Para solicitar a Carteira do Idoso, deve-se procurar o Centro de Referência de Assistência Social  da sua cidade. A pessoa idosa será incluída no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e receberá o Número de Identificação Social (NIS).

#ficadica Idosos costumam ter uma série de descontos em programas culturais, esportivos ou de lazer. Não deixe de perguntar logo que chegar, pois algumas empresas informam apenas quando solicitado.

Viagens coletivas também são uma oportunidade

O SESC SP  oferece pacotes turísticos interessantes, o chamado Turismo Social. Você escolhe entre as opções de turismo, passeios, excursões  e outras viagens. Ao selecionar o mês e o tipo de viagem, verá as opções para escolher. 

Existem também agências de viagens especializadas em turismo para terceira idade. 

As viagens podem ser mais caras, pois o pacote é completo: transporte, hospedagem, guias treinados para o público 60+, e costumam ser mais longas também. É importante, ao escolher uma agência, certificar-se de que ela seja bem recomendada. Tenha todas as suas vacinas em dia e faça um seguro viagem. Muitas dessas agências cuidam de tudo isso para você, mas certifique-se direitinho.

Sobre a autora:

Daniela Santilli

Daniela Santilli, fundadora do Plano Cuida Idoso, onde escreve e compartilha sobre cuidados, direitos e experiências com a terceira idade, formada cuidadora de idosos pela Cruz Vermelha, estudante de Gerontologia. Atua no mercado atendendo a pessoa idosa e seus familiares em casa, onde trabalha segurança, organização, afeto e reinserção social da pessoa idosa.

Madu

Receba conteúdos especiais da Madu pelo seu email

Somos guardiões das memórias afetivas de tudo que vivemos e queremos compartilhá-las. Vamos juntas e juntos construir relações de afeto entre gerações? Te esperamos pra mais essa jornada! Conheça o nosso manifesto clicando aqui.

Veja nosso Manifesto