Dicas | Viagens

Turismo na terceira idade: o que é e como fazer

por Madu
22 de julho de 2020

Com alguns cuidados, o turismo propicia momentos de prazer e reflexão, também para a terceira idade

Foto: Ashish_wassup6730 – Shutterstock

Turismo na terceira idade é definido pelo Instituto Brasileiro de Turismo (EMBRATUR) como “aquele destinado à melhoria da qualidade de vida da terceira idade e que diminui os efeitos de sazonalidade do turismo, desenvolvendo roteiros, programas e atrativos para a maior idade e apoiando a criação de clubes”.

Com o aumento da expectativa de vida da população, a busca pelo lazer e entretenimento aumentou entre as pessoas idosas. Uma pesquisa realizada em 2019 pelo e-commerce de viagens Booking.com aponta que “77% dos viajantes brasileiros de terceira idade dizem que viajar será a melhor forma de aproveitar o tempo livre que terão com a aposentadoria”.

O turismo na terceira idade fomentado por agências governamentais alimenta o setor em períodos de baixa geral de demanda, uma vez que os idosos podem viajar em qualquer época do ano. Essa parcela crescente do público é disputada por empresas de turismo que oferecem pacotes com destinos diversos, como santuários ecológicos, cidades históricas e roteiros gastronômicos, além de roteiros internacionais.

Como atividade de lazer, o turismo na terceira idade ajuda na saúde mental da pessoa. A Psicóloga Carolina Montanhaur* diz que “a descoberta desse tipo de atividade é um movimento de autoconhecimento, que favorece um saber maior sobre habilidades, facilidades e até dificuldades. Esse movimento de se conhecer mais contribui também para entender mais seus sentimentos. Além disso, a realização dessas atividades pode funcionar como estratégia para reduzir ou amenizar ansiedade e estresse, pois o idoso está dedicando a atenção a uma atividade prazerosa, se acalmando e pensando em possíveis soluções de problemas”.

Como fazer turismo na terceira idade

Algumas dicas são importantes para que seja repleto de momentos de prazer e com mínimos imprevistos desagradáveis. Cláudia Nascimento**, agente de viagens lista as principais.

– Fazer uma pesquisa prévia do destino para conhecer hábitos locais, alimentação e acesso a pontos turísticos. Algumas agências de viagens oferecem esse tipo de serviço.

– Levar roupas adequadas ao clima do local.

– Em locais ensolarados, sempre usar e ter protetor solar, além de se manter hidratado.

– Fazer, se possível, seguro de viagem. Principalmente quem não tem seguro de saúde. Quando a viagem for internacional, esse tipo de seguro pode ser fundamental em casos de problemas de saúde.

– Turismo de aventura ou que exija um esforço maior devem ser realizados com guias especializados em condução de idosos.

Malas adequadas diminuem o esforço físico dos idosos.

– Carregar a identificação, endereço e telefone do local que está hospedado, telefone de parentes e amigos.

Consultar o médico em casos de viagens longas, principalmente as de avião, e levar na bagagem de mãos, se for o caso, medicamentos utilizados e/ou prescritos para o voo.

– Nas viagens para o exterior, conferir se medicamentos utilizados são suficientes para todo o período de estadia, pois a venda de determinados tipos de remédios é proibida ou permitida apenas com prescrição médica local.

O turismo na terceira idade aumenta a qualidade de vida e contribui diretamente para a economia das cidades que recebem esse público.

*Carolina Montanhaur é psicóloga (CRP 06/131920) graduada em Psicologia pela Unesp Bauru, mestre e doutoranda no Programa de Pós-graduação em Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem da Unesp Bauru e Especialização em Atendimento Interdisciplinar Preventivo na Primeira Infância pela Unicamp.

**Cláudia Nascimento é agente de viagens há quase 20 anos, e já fez consultorias e vendas de milhares de roteiros dentro e fora do país.

Sobre a autora:

Madu

MADU é uma iniciativa do projeto Rede Bem Estar, realizado pelo Conselho Estadual do Idoso, em parceria com o Grupo Tellus, a Brasilprev e a Liga Solidária. Foi criada para potencializar a relação entre pessoas mais velhas, seus familiares e amigos além de compartilhar conteúdos sobre envelhecimento e velhice.

Madu

Receba conteúdos especiais da Madu pelo seu email

Somos guardiões das memórias afetivas de tudo que vivemos e queremos compartilhá-las. Vamos juntas e juntos construir relações de afeto entre gerações? Te esperamos pra mais essa jornada! Conheça o nosso manifesto clicando aqui.

Veja nosso Manifesto