Dicas | Diversão | Entretenimento

Bons lugares para idosos: espaços de convivência e parques para um ótimo passeio

por Daniela Santilli
28 de março de 2020

Confira aqui uma seleção de lugares legais para ir com a pessoa idosa na cidade de São Paulo!

Foto: Mateus Campos Felipe – Unsplash

Atualmente, diversos lugares da cidade de São Paulo estão dedicados a receber a pessoa idosa, promovendo eventos a preços acessíveis, lugares fáceis de chegar e programação de qualidade. Separamos algumas dicas para quem quer aproveitar melhor a cidade, independentemente da idade. Também vale uma dica: se você está buscando lugares para idosos, é importante saber que a maioria das pessoas idosas não gostam de lugares barulhentos ou com longas filas.

Bons lugares para idosos por São Paulo

SESC São Paulo

O SESC de São Paulo tem uma variedade enorme de programação para terceira idade. Cursos, aulas de artes, teatro, ginástica, computação e até formação de grupos para pequenas viagens. 

As informações estão no site e na revista mensal do SESC. A revista é gratuita e fica disponível em todos os Sescs da cidade. É um ótimo lugar para idosos no estado de São Paulo!

Parques

Parque do Ibirapuera 

Um dos mais disputados parques da cidade, o Parque do Ibirapuera oferece diversos programas, e pode ser um excelente lugar para idosos. 

#ficadica: sempre ligar antes para confirmar a programação, valores e não perder viagem. Afinal, nem todos os programas são gratuitos.

#ficadica: Caminhada Monitorada! Essas caminhadas são realizadas por voluntários treinados, que ajudam a manter a história e a memória do parque. O passeio é para pessoas que gostam e podem caminhar, e dura por volta de 3 horas.

#ficadica: o parque também oferece outros espaços interessantes, como o MAM, a OCA, o Pavilhão da Bienal, o Museu Afro Brasileiro, o Pavilhão Japonês e o Viveiro Manequinho Lopes

Outros parques, como o Parque Villa Lobos, Parque do Povo, Parque da Aclimação, Parque da Água Branca e Parque Alfredo Volpi também são boas opções para um passeio ao ar livre.

Outros passeios ligados à natureza e ao meio ambiente são o Horto Florestal, o Zoológico e o Aquário de São Paulo – um programa mais caro, porém lindo.

Museus 

Os museus da cidade, além de serem importantes como obras arquitetônicas, de terem exposições para todas as idades e gostos, costumam ter um bom café, são de fácil acesso e um programa para a família toda. E são uma excelente oportunidade de lugares para idosos.

MIS – Museu da Imagem e do Som – o MIS foi criado em 29 de maio de 1970, já vinculado à Secretaria de Estado da Cultura. Na época, a ideia era construir um museu que preservasse e produzisse a imagem e o som, conceito esse que tomou forma após a inauguração do MIS do Rio de Janeiro, concebido pelo jornalista Carlos Lacerda, em 1961. 

Museu do Futebol – localizado no avesso das arquibancadas do Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho – o Pacaembu, o Museu do Futebol foi inaugurado em 29 de setembro de 2008 e é um dos museus mais visitados do país. A exposição principal, distribuída em 15 salas temáticas, narra de forma lúdica e interativa como o futebol chegou ao Brasil e se tornou parte da nossa história e nossa cultura.

Mosteiro São Bento – o Mosteiro de São Bento é um local histórico e religioso localizado no Largo de São Bento, no Centro da cidade de São Paulo, no Brasil. O local é um conjunto da Basílica Abacial Nossa Senhora da Assunção, do Colégio de São Bento e da Faculdade de São Bento.

Avenida Paulista

A Avenida Paulista é considerada um dos principais centros financeiros da cidade. É um grande ponto turístico por si só, por conta da história dos Barões do Café que lá moravam. A avenida revela sua importância não só como pólo econômico, mas também como grande importância cultural e de entretenimento. Ela abriga um grande número de espaços culturais que podem ser lugares para idosos, como o MASP e o Sesc Avenida Paulista, o MAM, IMS, Japan House e Casa da Rosas. É na Paulista que acontecem as viradas de ano, manifestações políticas e muitos eventos importantes para os habitantes da cidade. Ela é uma avenida muito grande, e talvez seja muito programa para um dia só, então escolha os pontos mais interessantes para você e faça o passeio em dias diferentes. Não se esqueça de que, aos domingos, a Paulista fica fechada para carros, sendo possível andar a pé por toda ela. Abaixo, mais alguns pontos importantes e gostosos para conhecer:

MAM – Museu de Arte Moderna – aqui, além das exposições, aos domingos tem feira de antiguidade, mas não é um lugar tranquilo para caminhar por conta do excesso de pessoas no dia da feira.

IMS – Instituto Moreira Salles – o IMS tem espaços para exposições, projeção de filmes e espaço para pequenos shows. Conta também com uma biblioteca voltada para fotografia, salas de aula e espaços para cursos, workshops e restaurante. 

Japan House – na cidade onde há a maior concentração de japoneses fora do Japão, faltava um lugar onde pudéssemos conhecer melhor sua história, arte e tradições. Foi assim que São Paulo se tornou a terceira cidade para receber o museu: Londres, Los Angeles, Japão e Brasil.

Casa das Rosas – em 1928, o escritório do arquiteto Francisco de Paula Ramos de Azevedo  era tido como o mais famoso da América Latina. Projetou e executou a construção de diversos prédios de importância histórica, tais como a Pinacoteca do Estado, o Teatro Municipal, o Prédio da Light e o Mercado Público de São Paulo. Projetou também a Casa das Rosas, uma mansão em estilo clássico francês com trinta cômodos, edícula, jardins, quadras e pomar na Avenida Paulista, local que reunia a maioria dos milionários barões do café. 

#ficadica: Descubra a cidade. Numa cidade grande como São Paulo, nós podemos brincar de ser turistas a vida toda. Cada bairro tem a sua história, cultura e tradição!

Sobre a autora:

Daniela Santilli

Daniela Santilli, fundadora do Plano Cuida Idoso, onde escreve e compartilha sobre cuidados, direitos e experiências com a terceira idade, formada cuidadora de idosos pela Cruz Vermelha, estudante de Gerontologia. Atua no mercado atendendo a pessoa idosa e seus familiares em casa, onde trabalha segurança, organização, afeto e reinserção social da pessoa idosa.

Madu

Receba conteúdos especiais da Madu pelo seu email

Somos guardiões das memórias afetivas de tudo que vivemos e queremos compartilhá-las. Vamos juntas e juntos construir relações de afeto entre gerações? Te esperamos pra mais essa jornada! Conheça o nosso manifesto clicando aqui.

Veja nosso Manifesto