Cuidado | Cuidadores de idosos | Saúde

O que fazer se meu idoso familiar se recusar a ir ao médico

por Daniela Santilli
27 de abril de 2020

Muita gente tem medo de médico desde pequeno. Quando idoso, fazer um acompanhamento periódico ou resolver um problema de saúde começa a ser cada vez mais necessário. Como lidar com situações que o idoso “foge” do médico?

Foto: Monkey Business Images – Shutterstock

Isso costuma acontecer mais durante o começo do envelhecimento. É muito comum que pessoas idosas não queiram ir ao médico o tempo todo.

Caso a pessoa idosa se recuse a ir ao médico, a primeira sugestão é o atendimento domiciliar, que voltou à moda, principalmente para pessoas idosas. Pode ser um pouco mais caro, mas em muitos casos é a única solução. Se seu médico não faz esse tipo de atendimento, tente o atendimento virtual, que cresceu muito nos tempos de COVID-19. Marque uma consulta por vídeo, em que médico e paciente possam ver um ao outro para conversar. De preferência, permaneça junto ao idoso durante a consulta, e faça anotações para não esquecer as recomendações passadas pelo médico. 

Se possível, grave a consulta para não se esquecer de nada do que foi falado.

Se nenhuma das opções acima der certo, insista em levar a pessoa idosa ao médico. Se ela não está preocupada com a própria saúde, diga que você está, como também está sofrendo por ela. Que ela ao menos se consulte para que você não sofra. 

Agora, se você é a pessoa idosa, por favor, não deixe as pessoas que amam você sofrerem. Receba esse amor e aproveite. Organize-se para ir ao médico quando necessário! Cuide-se!

Sobre a autora:

Daniela Santilli

Daniela Santilli, fundadora do Plano Cuida Idoso, onde escreve e compartilha sobre cuidados, direitos e experiências com a terceira idade, formada cuidadora de idosos pela Cruz Vermelha, estudante de Gerontologia. Atua no mercado atendendo a pessoa idosa e seus familiares em casa, onde trabalha segurança, organização, afeto e reinserção social da pessoa idosa.

Madu

Receba conteúdos especiais da Madu pelo seu email

Somos guardiões das memórias afetivas de tudo que vivemos e queremos compartilhá-las. Vamos juntas e juntos construir relações de afeto entre gerações? Te esperamos pra mais essa jornada! Conheça o nosso manifesto clicando aqui.

Veja nosso Manifesto