Cuidado | Cuidadores de idosos | Dicas

Como organizar remédios da melhor maneira para o dia a dia

por Daniela Santilli
24 de março de 2020

Várias medicações, muitas vezes ao dia e em diversos horários. Como organizar tudo isso?

Foto: Laurynas Mereckas – Unsplash

Muitos de vocês já tentaram organizar remédios e chegaram à conclusão de que talvez não exista uma fórmula perfeita para isso, certo? Então, como organizar remédios da melhor maneira possível?

A forma mais usada e conhecida é anotar na embalagem a hora em que o comprimido deve ser tomado, que serve apenas para casos de pacientes autônomos, lúcidos e que não precisam de ajuda.

Em casos em que diversas pessoas precisem realizar essa tarefa, é importante combinar como organizar os remédios de forma que não haja confusão. Assim, a pessoa idosa não corre risco de tomar mais de uma vez o mesmo medicamento ou de não tomar.

“A organização dos remédios deve ser feita de forma que qualquer pessoa possa ministrá-lo com segurança. Façam tabelas de anotações com letra de forma, para que todos a entendam”.


E quando são muitos remédios? Como saber se a pessoa idosa tomou o remédio certo na hora certa? Vejam algumas sugestões e escolham a melhor opção para o seu caso. Separamos algumas dicas:

  • Remédios sempre devem ser guardados em lugares secos, frescos e arejados. Não guardar no banheiro por conta do vapor do chuveiro. Nunca deixar em cima de uma mesa onde bata sol durante o dia, ou em algum lugar onde crianças e animais alcancem.
  • Não tire os comprimidos das cartelas. Eles devem ser retirados apenas na hora da ingestão.
  • Imprima uma tabela com nomes e horários dos medicamentos e deixe na porta da geladeira. Sempre que houver alguma alteração na medicação, a tabela deve ser refeita.

Formas de como organizar remédios:

  1. Existem diversos tipos de caixas: caixas de dias da semana; caixas com manhã, tarde e noite; e várias outras.
  2. Coloque os remédios em pequenos potes arejados e etiquete cada um deles. Essa prática evita que o remédio seja retirado da cartela, e garante a melhor condição de armazenamento, sem expor os comprimidos a reações diversas por conta da temperatura ou umidade do ar. Outro bom motivo para isso é que existem comprimidos idênticos que podem causar confusão na hora de ministrá-los. Melhor evitar.
  3. Separe mini potes de tupperware, etiquete-os com os nomes dos medicamentos e abasteça-os diariamente para que não haja mais do que a dose necessária. Dessa forma, fica fácil saber se o medicamento foi ou não tomado.
  4. A outra forma de organizar é fazendo uma tabela no excel com nomes dos remédios, horários e orientações de como devem ser ingeridos. O importante nesse caso, é que todos da casa saibam ler.

Agora escolha a forma que você e sua família acharem melhor e, se necessário, faça adaptações.

Outras dicas e sugestões!

10 dicas para organizar o armário de remédios

Plano Cuida Idoso – Medical & Health – 1,607 Photos

Sobre a autora:

Daniela Santilli

Daniela Santilli, fundadora do Plano Cuida Idoso, onde escreve e compartilha sobre cuidados, direitos e experiências com a terceira idade, formada cuidadora de idosos pela Cruz Vermelha, estudante de Gerontologia. Atua no mercado atendendo a pessoa idosa e seus familiares em casa, onde trabalha segurança, organização, afeto e reinserção social da pessoa idosa.

Madu

Receba conteúdos especiais da Madu pelo seu email

Somos guardiões das memórias afetivas de tudo que vivemos e queremos compartilhá-las. Vamos juntas e juntos construir relações de afeto entre gerações? Te esperamos pra mais essa jornada! Conheça o nosso manifesto clicando aqui.

Veja nosso Manifesto