Cuidadores de idosos

Como cuidar de ferimentos em idosos?

por Daniela Santilli
13 de abril de 2020

Com o envelhecimento, o corpo muda e é comum ocorram pequenas lesões ou ferimentos. Saiba aqui como cuidar de alguns deles.

Foto: HeungSoon – Pixabay

A pele é muito afetada pela idade e pelas mudanças que ocorrem no corpo durante o processo de envelhecimento, pois além de ficar mais fina, desidrata rapidamente. Como consequência disso, irritações e ferimentos são mais comuns. E aqui falaremos de como cuidar de ferimentos em idosos.

Ferimentos provenientes da pouca mobilidade

Escoriações leves: são os pequenos arranhões e mais simples de serem tratados. O melhor a se fazer é lavar com água corrente e sabão neutro líquido, e manter a pele sem curativo para que possa cicatrizar mais rápido.

Feridas com sangramento: deve-se tomar mais cuidado para evitar que infeccione. A primeira coisa a ser feita é lavar com água corrente e sabão neutro líquido. Depois de fazer a assepsia com água e sabão, é preciso estancar o sangramento com uma compressa feita com gaze. Não use algodão durante o sangramento, pois ele pode grudar no ferimento e, na hora de tirar, pode causar outro sangramento.

Ferimentos causados por irritações ou doenças de pele: O calor e o abafamento em certas regiões do corpo podem causar irritações bastante incômodas na pessoa idosa. Nos casos de irritações leves (quando a pele fica avermelhada e com coceira), geralmente causadas pelo uso frequente de fraldas, roupas justas ou roupas de tecidos sintéticos, opte por trocar as roupas por peças de algodão, mais confortáveis e mais folgadas. 

Ferimentos por lesões por pressão: são causadas pelo excesso de tempo que a pessoa idosa passa deitada ou sentada na mesma posição. É assim que começa a formação de uma escara. Nesses casos, um médico deve ser procurado para que a pessoa idosa seja tratada imediatamente a fim de evitar que ela piore, pois as escaras são a porta de entrada para infecções mais graves. Existem pomadas para esses casos, e será necessário fazer a mudança de decúbito da pessoa idosa. 

Como cuidar de ferimentos em idosos?

Proteja o colchão adequadamente para evitar vazamentos, e deixe a pessoa idosa sem fralda por pelo menos 20 minutos todos os dias. Se possível, mais de uma vez ao dia. Coloque um lençol para cobri-la e deixe a pele descansar. Nesse momento, não passe pomada. Terminado o tempo, passe a pomada (camadas finas, quase transparentes) e coloque a fralda.

Outro causador de ferimentos na pele de pessoas idosas é a pele ressecada, desidratada. As partes mais afetadas são os cotovelos, joelhos, calcanhares e pés. É importante passar hidratante no corpo da pessoa idosa com frequência. Como elas costumam se incomodar com a sensação de roupa grudando no corpo, em dias quentes, passe e espere alguns minutos antes de vesti-las. Nos dias frios, passe o hidratante apenas nos cotovelos, mãos, joelhos e pés para não deixá-las passar frio.

Mantenha as unhas da pessoa idosa sempre curtas para que ela não coce e fira a própria pele. A melhor forma de manter as unhas curtas é com uma lixa de unha para evitar mais um machucado ao usar tesoura ou trim.

No caso de a pele estar com alguma secreção amarelada, um médico (dermatologista ou alergologista) deve ser procurado, pois ele terá uma informação mais clara sobre como cuidar de ferimentos. É preciso ter cuidado devido ao fato de a pele estar inflamada e haver necessidade de tratamento imediato.

#ficadica

Optem por produtos neutros e sem cheiro. Esses produtos também podem ser causadores de irritações cutâneas.

Leia mais em:

5 tipos de feridas e curativos para observar em idosos

Cursos de Capacitação

Portal Drauzio Varella | Informação Sobre Saúde para Todos – Drauzio Varella

Sobre a autora:

Daniela Santilli

Daniela Santilli, fundadora do Plano Cuida Idoso, onde escreve e compartilha sobre cuidados, direitos e experiências com a terceira idade, formada cuidadora de idosos pela Cruz Vermelha, estudante de Gerontologia. Atua no mercado atendendo a pessoa idosa e seus familiares em casa, onde trabalha segurança, organização, afeto e reinserção social da pessoa idosa.

Madu

Receba conteúdos especiais da Madu pelo seu email

Somos guardiões das memórias afetivas de tudo que vivemos e queremos compartilhá-las. Vamos juntas e juntos construir relações de afeto entre gerações? Te esperamos pra mais essa jornada! Conheça o nosso manifesto clicando aqui.

Veja nosso Manifesto