Cuidado

Como animais de estimação em hospitais ajudam no tratamento

por Daniela Santilli
12 de agosto de 2020

Você sabia que muitos hospitais permitem a entrada de animais de estimação para visitas?

Foto: Anna Efimova – Shutterstock

A lei nº 16.827, de 6 de fevereiro de 2018 (Projeto de Lei nº 355/17), autoriza a entrada de animais de estimação em hospitais de unidades públicas de saúde. 

Se um animal de estimação já traz alegria para seus donos em casa, imagina receber a visita deles enquanto estiver internado. Não há comprovações científicas de que animais de estimação em hospitais tratem de fato o paciente, mas não faltam histórias para mostrar que os animais de estimação fazem bem em qualquer lugar e a qualquer hora e, por que seria diferente num hospital, quando se está frágil, inseguro e carente?

Muitos hospitais permitem a entrada de animais de estimação, desde que algumas normas sejam seguidas:

  • atestado médico do paciente
  • animal de pequeno porte e dócil
  • atestado do veterinário do animal com a carteira de vacinação em dia
  • animal de banho tomado!

Cada hospital define o dia e o horário da visita, e fica também a critério dos hospitais definir se o paciente pode receber visita do seu animal de estimação, ou se deixam apenas animais treinados entrarem no hospital para visitar diversos pacientes.  Em casos de quarto compartilhado, o hospital providenciará um local para que a visita aconteça sem incomodar o paciente do leito ao lado. Para terminar, sim, animais de estimação em hospitais são permitidos pela lei, mas os hospitais não são obrigados a acatar.

Sobre a autora:

Daniela Santilli

Daniela Santilli, fundadora do Plano Cuida Idoso, onde escreve e compartilha sobre cuidados, direitos e experiências com a terceira idade, formada cuidadora de idosos pela Cruz Vermelha, estudante de Gerontologia. Atua no mercado atendendo a pessoa idosa e seus familiares em casa, onde trabalha segurança, organização, afeto e reinserção social da pessoa idosa.

Madu

Receba conteúdos especiais da Madu pelo seu email

Somos guardiões das memórias afetivas de tudo que vivemos e queremos compartilhá-las. Vamos juntas e juntos construir relações de afeto entre gerações? Te esperamos pra mais essa jornada! Conheça o nosso manifesto clicando aqui.

Veja nosso Manifesto