Aprendizado

Inclusão digital da 3ª idade durante a pandemia

por Brasilprev
27 de agosto de 2020

Quais os benefícios da inclusão digital de idosos?

Foto: Zoran Zeremski – Shutterstock

A invenção do computador pessoal e da internet começou lá no início dos anos 90 e, depois de 30 anos, quanta coisa mudou! Os computadores ficaram cada vez menores e, o acesso à internet, cada vez mais fácil e rápido. Hoje em dia, com apenas um celular com acesso à internet, é possível trabalhar em quase qualquer profissão, em qualquer lugar do mundo.

Porém, o que demoramos a perceber é que essa facilidade toda é uma realidade no Brasil há apenas 15 ou 20 anos. Ou seja, para os adolescentes e novos adultos, que cresceram imersos no mundo da informação digital, ir ao banco pagar uma conta no caixa ou ligar para o telefone fixo da casa da avó é algo quase que surreal.

Porém, em um momento de pandemia em que a população da 3ª idade se encontra em grupo de risco, como garantir o acesso dessas pessoas aos serviços sem sair de casa?

Empresas de diversos setores mudaram completamente suas estratégias de venda física para a on-line no isolamento social. E, com esse mesmo isolamento, como ensinar os idosos a fazer compras de supermercado pela internet? De remédios? Pagar contas pelo internet banking? Segundo análises do Google, a busca por “como fazer compras on-line” aumentou 198% no período de quarentena.

Mas como toda crise gera oportunidades, diversos canais começaram a focar nesse público para melhorar o acesso de idosos às plataformas digitais. Bancos começaram a disponibilizar vídeos contendo tutoriais de como instalar aplicativos de serviços financeiros e de como pagar as contas por essa plataforma; familiares começaram a dar aulas aos maduros para ensiná-los a usar aplicativos de vídeochamadas para manter o contato; e diversos sites e estabelecimentos começaram a ministrar cursos sobre diversos temas, incluindo a imersão digital do público sênior.

Alinhado à reorganização de empresas ao tão conhecido “novo normal”, o público sênior também se adaptou, e hoje utilizam o mundo virtual não só para as ações do dia a dia, mas também para se atualizarem, aprenderem novas coisas e até para empreender.

Sairemos dessa crise mais fortes, mas também mais tecnológicos e com olhar na acessibilidade de toda a sociedade.

Sobre o autor:

Brasilprev

Madu

Receba conteúdos especiais da Madu pelo seu email

Somos guardiões das memórias afetivas de tudo que vivemos e queremos compartilhá-las. Vamos juntas e juntos construir relações de afeto entre gerações? Te esperamos pra mais essa jornada! Conheça o nosso manifesto clicando aqui.

Veja nosso Manifesto