Aprendizado

Como escolher um celular para idoso?

por Daniela Santilli
1 de julho de 2020

Entenda o perfil da pessoa idosa antes de comprar um celular!

Foto: Monkey Business – Shutterstock

Nos tempos modernos, ter um celular é estar conectado com o mundo: filhos, netos, amigos e parentes. Até mesmo consultas médicas são realizadas por smartphones. Mas qual o melhor celular para o idoso?

São várias as questões a serem pensadas na hora de escolher um celular para uma pessoa idosa:

Celular para idoso tecnológico: Sabe usar redes sociais, e-mail e entra sem problemas em sites e portais.

Para esse perfil, você pode escolher um aparelho moderno, pois ele saberá usar e seu dinheiro não será perdido.

Celular para idoso com dificuldades tecnológicas: Aquele que precisa apenas usar o telefone e uma rede social ou outra.

Nesses casos, você pode ou comprar um aparelho usado em bom estado, que não tenha tantos recursos, ou até mesmo reaproveitar um que você tenha guardado. O excesso de recursos nesse caso costuma atrapalhar mais do que ajudar. Não queira que esse idoso saiba usar o último modelo do Iphone, porque isso não vai acontecer.

#ficadica Compre uma caixa e faça um lindo pacote de presente. Não é pelo fato de ser um celular usado, que não vale esse carinho.

Celular para idoso sem conhecimento tecnológico: Nesse caso, existem aparelhos bem básicos, com botões e visor com letras e números maiores. Em alguns modelos, existe um botão de emergência.

#ficadica antes de dar o novo celular para o idoso, configure de forma que ele não fique visível nas redes sociais de forma pública, para evitar golpes. Sempre que puder, pegue o celular e cheque se está tudo saudável nas suas relações virtuais. 

Para saber mais

App de saúde: 9 opções para usar no dia a dia

App para idosos: 11 opções para usar no dia a dia

Sobre a autora:

Daniela Santilli

Daniela Santilli, fundadora do Plano Cuida Idoso, onde escreve e compartilha sobre cuidados, direitos e experiências com a terceira idade, formada cuidadora de idosos pela Cruz Vermelha, estudante de Gerontologia. Atua no mercado atendendo a pessoa idosa e seus familiares em casa, onde trabalha segurança, organização, afeto e reinserção social da pessoa idosa.

Madu

Receba conteúdos especiais da Madu pelo seu email

Somos guardiões das memórias afetivas de tudo que vivemos e queremos compartilhá-las. Vamos juntas e juntos construir relações de afeto entre gerações? Te esperamos pra mais essa jornada! Conheça o nosso manifesto clicando aqui.

Veja nosso Manifesto