Aprendizado

Cohousing, como e até quando uma pessoa pode morar em uma?

por Daniela Santilli
6 de julho de 2020

Espaços coletivos são alternativas para idosos envelhecerem com amigos e manterem uma boa vida social

Foto: oneinchpunch – Shutterstock

Cohousing é uma abreviação de collaborative housing (casa colaborativa) originária na Dinamarca no ano de 1967. É um tipo de “comunidade intencional” onde as pessoas se agrupam por afinidade e dividem os cuidados dos espaços coletivos. A administração do coletivo também é feita pelos moradores, o que torna um cohousing diferente de um condomínio onde as pessoas mal se conhecem. Tudo isso mantendo a privacidade de cada morador, mesmo que eles dividam os mesmos espaços.

Nas áreas comuns, pode-se encontrar jardim, salão de jogos, TV e cozinha coletiva, entre outras coisas. Quem nunca pensou em morar num lugar tendo amigos ou conhecidos como vizinhos? É uma forma de envelhecer perto das pessoas que você gosta, mantendo o máximo de autonomia possível e, o principal, sem se isolar. Já pensou em acordar e fazer ginástica, aula de canto ou cozinhar com seus amigos depois que se aposentar?

O diferencial desses lugares é que as casas já são projetadas pensando nas pessoas idosas, portanto são adaptadas e acessíveis, o que faz grande diferença no decorrer do tempo e nas histórias de vida das pessoas.

Parece bom, mas até quando ou até que idade uma pessoa pode morar num lugar assim? 

Em geral, enquanto a pessoa for independente. Até existem lugares semelhantes onde pessoas dependentes podem morar, mas nenhuma no Brasil. 

Conheça algumas cohousing que já estão a pleno vapor pelo mundo afora:

Cohousing Sênior Vila ConViver – Idealizado pela Associação de Professores da Unicamp (Campinas), está previsto para ficar pronto em 2022.

Vila dos Idosos – Empreendimento do programa de Locação Social da Prefeitura de São Paulo, criada em 2017, em que os moradores não podem ganhar mais do que três salários mínimos. O aluguel cobrado é 10% do valor da aposentadoria, e o condomínio tem um valor simbólico de menos de R$ 50,00 por pessoa.

OWCH – É um cohousing para mulheres mais velhas, também conhecido como coabitação sênior no Reino Unido. 

Silver Sage Village – Pessoas de qualquer lugar do mundo podem se inscrever para comprar ou alugar uma casa. Segundo os administradores o espaço localizado no Estado do Colorado, nos Estados Unidos, não costuma rejeitar interessados, mas há alguns encontros onde ambas as partes podem verificar se existem afinidades.

Sand River Cohousing – Um cohousing ecológico e sustentável localizado nos Estado do Novo México nos Estados Unidos. Idealizado para pessoas acima de 55 anos, o lugar é muito bem cuidado onde a natureza e animais são destaques

Para seguir e ficar informado sobre o movimento no Brasil, sigam o Cohousing Brasil!

Sobre a autora:

Daniela Santilli

Daniela Santilli, fundadora do Plano Cuida Idoso, onde escreve e compartilha sobre cuidados, direitos e experiências com a terceira idade, formada cuidadora de idosos pela Cruz Vermelha, estudante de Gerontologia. Atua no mercado atendendo a pessoa idosa e seus familiares em casa, onde trabalha segurança, organização, afeto e reinserção social da pessoa idosa.

Madu

Receba conteúdos especiais da Madu pelo seu email

Somos guardiões das memórias afetivas de tudo que vivemos e queremos compartilhá-las. Vamos juntas e juntos construir relações de afeto entre gerações? Te esperamos pra mais essa jornada! Conheça o nosso manifesto clicando aqui.

Veja nosso Manifesto